Grupo Anonymous declara guerra cibernética ao Estado Islâmico

anonymous logo

Em vídeo, o grupo de hackers Anonymous respondeu contra aos ataques terroristas em Paris, e foi declarado guerra ao Estado Islâmico, responsável pelos atentados.

Na gravação, um porta-voz que usa a máscara de Guy Fawkes – soldado inglês que virou símbolo do Anonymous – declara que usará sua experiência de guerra para acabar com o grupo extremista.

“Esperem ataques cibernéticos maciços. A guerra está declarada. Preparem-se”, diz o homem em francês. “Vocês devem saber que vamos encontrá-los. Lançaremos a maior operação contra vocês.” O porta-voz mascarado ainda afirma que “os franceses são mais fortes e que irão sair dessa mais fortalecidos”.

Anonymous de todo o mundo vão caçá-los. Vocês devem saber que vamos encontrá-los e não vamos liberá-los. Vamos lançar a maior operação já realizada contra vocês. Esperem por ataques cibernéticos maciços. A guerra está declarada. Se preparem!

O anúncio é feito depois que 129 pessoas morrerem e 350 ficarem feridos em uma série de atentados em Paris, na França, na última sexta-feira (13). Os ataques foram reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico, conhecido por suas violentas práticas na ampla área que domina dentro dos territórios da Síria e Iraque.

Os terroristas também alegam ter sido responsáveis por derrubar o avião da companhia aérea russa Metrojet, o Airbus 321, no último dia 31 de outubro, no Egito. Na ocasião, todas as 224 pessoas a bordo foram mortas, maioria russas.