24/01/2018

Agora a Nubank pode se tornar uma financeira

nubank cartão de crédito

O presidente Michel Temer deu o aval para que o Nubank abra sua própria financeira. O decreto garante a permissão necessária para que a fintech continue avançando para se transformar em um banco tradicional, com a possibilidade de operações de captação de recursos e oferta de crédito.

A aprovação era necessária para o Nubank e foi solicitada há dois anos. Isso porque, apesar de ser uma empresa brasileira, o Nubank conta com investimento estrangeiro e é controlado por uma holding sediada nas Ilhas Cayman. De acordo com a legislação brasileira, uma instituição com capital estrangeiro depende de um decreto presidencial, processo que pode levar anos.

Segundo a publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira (22/10), "é do interesse do governo brasileiro a participação estrangeira de até 100% no capital da instituição financeira a ser constituída pela Nu Holdings".

De acordo com os dados oficiais, o Nubank tem, hoje, mais de três milhões de clientes no Brasil. Fundada em 2014, a empresa ganhou corpo com a oferta de cartões de crédito individuais, não atrelados a contas bancárias, sem anuidade e com gerenciamento feito por meio do aplicativo. Recentemente, a companhia começou a expandir seus negócios, lançando um sistema de conta digital e opções de investimento.

Acompanho as novidades sobre tecnologia, internet e inovação e escrevo pelo blog.

Seu comentário é muito importante e você é totalmente responsável por ele. Ao comentar você concorda com as nossas políticas.
EmoticonEmoticon